O poder de colocar as coisas no papel

 

notebook

Todo fim de ano eu penso no que eu quero realizar no próximo ano, me vem lá 3, 4 coisas na cabeça e eu contava com o poder da minha memória para lembrar dessas coisas ao longo dos meses. Malemá eu abria uma nova nota no celular e colocava lá o que eu pensei, por tópicos, sem muitas delongas. Eu sentia que eram metas um pouco vazias, que estavam ali mais para virar um checklist do que qualquer outra coisa. Não norteavam nem um pouco as minhas ações. Talvez por isso eu não tenha cumprido nem metade delas.

Esse ano resolvi fazer diferente. Peguei um papel e uma caneta. Sim, de escrever mesmo, com tinta, folha em branco, nada de teclas. Sentei na varanda de casa, fiquei em silêncio e comecei a pensar: “O que realmente eu quero fazer em 2016?”. E, quem diria, um ato tão simples me fez pensar em tanta coisa. Acho que é aquela história de desacelerar, desconectar, estar bem acompanhada de si mesma e dos seus pensamentos. Vi que escrever minhas metas, dessa vez, estava sendo muito mais difícil do que nos anos anteriores, quando elas não passavam de uma listona sem ponto de largada nem de chegada. É difícil pra danar pensar o que você quer realizar, conquistar.

O fato é que consegui. Coloquei na folha a data, a hora e o local e comecei a escrever. A primeira e a segunda foram mais difíceis de sair, mas depois eu fui desenhando o meu ano na minha cabeça, sendo realista sem deixar de sonhar, criando uma lógica para que tudo desse certo… e pronto. Minhas metas estavam ali. Meu 2016 estava ali.

Depois do último ponto final, dá uma sensação muito doida: de dever cumprido misturado com muito dever a cumprir. E que sensação boa! Meu ano agora era cheio de objetivos e eu era cheia de vontade de alcançá-los. E, a partir do momento que eu coloquei tudo no papel, foi como se eu selasse um compromisso seríssimo comigo mesma. Ninguém vai me cobrar por aquelas coisas, ninguém vai checar se eu tô fazendo direitinho, ninguém nem precisa saber o que eu escrevi ali. Só eu. E é muito gostoso começar o ano com essa vontade de me agradar, de lutar pelas minhas coisas e sentir o gostinho do “check!”.

Sua vez: pega um papel, uma caneta e vai conversar um pouco com você e com o SEU 2016. Depois me conta.

Dica, que eu tava pensando ontem: deve ser legal ter um histórico dessas metas, não acha? Compra um caderninho novo e reserva ele só pra isso, depois vai preenchendo ano após ano.🙂

Foto: Negative Space 

Hotel Aldeia do Sahy – Dica de hospedagem na Barra do Sahy

placa

Se você ainda não conhece a Barra do Sahy, uma praia em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, precisa colocar na sua lista de lugares para conhecer no Brasil. Fui em Setembro de 2015 e fiquei completamente encantada com a beleza e tranquilidade do lugar, e com aquela sensação de “por quê não vim aqui antes?”. A praia é pequena, em forma de ferradura, e simplesmente linda. Está entre as melhores praias do Brasil para ir com crianças, graças à tranquilidade do mar e segurança.

praia

Assim que chegamos, fomos presenteados (sim, aquilo foi um belo de um presente) com o pôr do sol mais lindo que já vi. Eu nem sabia, mas o pôr do sol da Barra do Sahy é muito famoso e considerado o mais bonito de São Paulo. É inexplicável. O sol surge em uma cor pink, que deixa todo o céu com uma tonalidade rosa/azul claro. De ficar admirando cada segundo.

pordosol1

pordosol2

Ficamos em um hotel perfeito! Encontrei o Aldeia do Sahy buscando na internet e ele era o mais elogiado. Resolvi testar e fiz a reserva pelo Booking. A minha principal exigência era que fosse perto da praia, não queria ficar me preocupando com carro, vaga e tal. Ele realmente é muito perto da praia! É só atravessar a rua e seguir por um beco rumo ao mar. Aliás, que beco maravilhoso! Ele é todo grafitado com mensagens positivas, poesias e muita cor. Cenário perfeito para fazer MUITAS fotos e nem se preocupar com a caminhada.

beco1

beco3

Os quartos do hotel são, na verdade, chalés que acomodam desde um casal até uma família grande. O legal é que todos são equipados com cozinha com fogão, mini geladeira, talheres, pratos e tudo o que é preciso para fazer uma comidinha por lá e economizar com restaurantes😉 Ficamos em um duplo, mas bem grande. Tinha dois andares, TV, DVD, sofá, ar condicionado e uma sacada com rede pra lá de charmosa.

hotel1

hotel2

hotel3

hotel4

hotel5

A área comum tem piscina adulto e infantil, sauna, bar, restaurante, lago com peixes, SPA e serve um café da manhã bem gostoso, com pães, bolos, sucos, frios o tudo mais. O ambiente é lindo, com bastante verde que inspira uma viagem mais tranquila, com contato direto com a natureza e muita paz.

hotel6

hotel7

hotel8

Facilidades que a gente ama: estacionamento gratuito e serviço de praia (só chegar na praia, dar o número do chalé e aproveitar a cadeira e guarda-sol).

guardasol

Se você quiser, pode fazer igual eu fiz e cotar pelo Booking aqui. Ou então, dá para saber mais sobre o hotel e entrar em contato diretamente com eles pelo site aqui. Fui, testei e aprovei. #VaiPorMim!

Dica extra: aproveite que você vai estar pertinho de várias praias lindas de São Sebastião para passear! A poucos minutos de carro você chega em Juquehy, Maresias (boas para ir a noite e jantar por lá), Camburi e Praia da Baleia😉

fim

Guerra dos demaquilantes bifásicos de farmácia

demaqui

Minha vida se resume em procurar um demaquilante bom, bonito e barato, que eu não precise deixar a prestação de uma casa própria a cada vidrinho. Já experimentei vários, de diversas marcas (Lancôme, Anna Pegova, Body Shop…) e, pra mim, o melhor da vida é o da Bioderma. Maaaaas, ele só era vendido na Europa (um pouquim distante, né gentem) e chegou no Brasil recentemente, pela bagatela de SESSENTA REAIS. Não, obrigada.

Daí que meu estoque de Bioderma acabou e eu fiquei sem saber qual usar. Testei o da Body Shop e não gostei e resolvi testar os baratinhos de farmácia. Comprei logo três, pra poder testar e contar sobre o meu preferido e poupar vocês desse trabalho😉 Simbora:

Fui na seção de demaquilantes da Drogaria São Paulo e peguei todos os bifásicos que custavam cerca de R$20: Nivea, L’Oréal e Neutrogena.

3º Lugar: Neutrogena (117ml – R$20,90) – gente, o que acontece? Achei que a Neutrogena ia arrasar nesse quesito, mas o demaquilante é o pior testado. Ele não tira a maquiagem com facilidade e deixa a pele muito oleosa. Tenho agonia de demaquilante que faz isso. Podem reparar que ele é o vidrinho mais cheio da foto porque ó, gostei não.

2º Lugar: Nivea (125ml – R$21,59) – já tinha experimentado antes e gostado. Ele tira bem a maquiagem e tem uma embalagem pequena, fácil de levar na necessaire. Mas eu acho que ele dura pouco, talvez porque precise de mais que uma “demão” para tirar tudo, principalmente rímel. Mas é uma boa opção. A pele fica um tiquinho oleosa, mas nada que incomode muito.

1º Lugar: L’Oréal (130ml – R$26,99) – me surpreendeu, viu? O perfeito BBB (bom, bonito e barato). Tira a maquiagem com facilidade, não precisa ficar esfregando, não deixa a pele nada oleosa, dura bastante e tem uma tampa que lacra bastante, para não ter o perigo de vazar na necessaire. É o que eu mais tô usando! Vale muito a pena, #VaiPorMim!

Ah, mas é bom lembrar que só o demaquilante não é suficiente para limpar completamente a pele. Sempre use um sabonete líquido específico para o rosto depois de tirar a maquiagem. Falando nisso, já viu o post que eu falo sobre o Clarisonic, uma escovinha que limpa a pele até 6x mais? Vale a pena conhecer, clica aqui😉

Restorando Pizza Fest – Pizza com 40% de desconto!

pizza

Ama pizza e ama desconto? Eita, veio parar no lugar certo! Sabe aquele aplicativo de reservas de mesas em restaurantes, o Restorando? Então, ele está promovendo o 1º Restorando Pizza Fest, 20 dias de desconto em diversas pizzarias de São Paulo!

Funciona assim: você faz a reserva da mesa na pizzaria escolhida pelo site (clica aqui!). Daí, é só aparecer no local no dia agendado e pedir qualquer pizza do cardápio com 40% de desconto! Quer um exemplo? Uma pizza da Prestíssimo, de R$65 por R$39. Que beleza!

E só tem pizzaria boa participando. Dá uma olhada na lista abaixo:

Moema

Dona Firmina

Pizza Bros Ristorante 

Itaim Bibi

Casa Pizza 

Pizzaria A Esperança 

Brooklin

Pizzaria A Esperança

Perdizes

Bendita Hora 

Babbo Giovanni 

O Pedal Pizza Metro 

Morumbi

Mercatto Pizzaria

Campo Belo

Mercatto Pizzaria

Don Oliva 

Pinheiros e Limão (Estadão)

Pizza Hut 

Aclimação

Babbo Giavanni 

Vilaboim

Pizza Bros Ristorante 

Jardins

Prestíssimo

Delluccio Pizza e Cozinha 

Alphaville

Bendita Hora – Pizza e Arte 

Lapa

Villa Lucco 

Famiglia Lucco 

 

O festival acontece entre os dias 21 de setembro e 4 de outubro de 2015. #VaiPorMim!😉

L’Entrecôte de Paris ou L’Entrecôte D’Olivier?

Sabe como funciona os restaurantes no estilo francês de Entrecôte? Eles servem um prato único: entrecôte (carne bovina) com batatas fritas e molho secreto. Simples assim, nem mais nem menos. E nem precisa de outras opções, porque a combinação é realmente deliciosa. Esse estilo nasceu na França e chegou até São Paulo com os restaurantes L’Entrecôte de Paris e o L’Entrecôte D’Olivier (do chef Olivier Anquier). Mas, se os dois servem o mesmo prato, qual deles será que vale mais a pena? Vou te contar:

O ambiente do L’Entrecôte D’Olivier é mais frio, claro (não gosto de restaurantes muito claros. Prefiro meia luz, sabe?) e sem muito charme. Sou mais o do L’Entrecôte de Paris, acho mais aconchegante. O esquema dos dois é idêntico. Ambos te recebem com uma saladinha e pedem pra você escolher a bebida e o ponto da carne. Começando pela salada, as duas são muito parecidas. Particularmente, gosto mais da servida no L’Entrecôte de Paris. Acho mais saborosa e mais fresca.😉

salada

Quanto às bebidas, os dois servem sucos, refrigerantes, cerveja e cartas de drinks e vinhos. São bem parecidos nesse quesito, mas o L’Entrecôte de Paris ganha na variedade, principalmente de cervejas e vinhos em taça.

Quanto ao prato em si: prefiro mil vezes o do L’Entrecôte de Paris! A carne é mais fina (peço a minha sempre bem passada – me julguem – e ela vem perfeita), suculenta e tem o corte mais fino. A batata também é mais saborosa e sequinha e o molho, na minha opinião, é mil vezes melhor!

paris

olivier

Posso ter dado azar no dia que fui no L’Entrecôte D’Olivier, mas o atendimento estava bem ruim. Nossos pratos demoraram para chegar (não deveria, porque é prato único na casa, né?) e quando perguntamos por ele, o garçom disse que estava esperando a gente dar o OK (já tinhamos feito o pedido há cerca de meia hora). Oi?

Ah! Esqueci de contar: a batata frita é a vontade! Isso mesmo, pode comer até explodir. E isso vale para os dois restaurantes. Mas, no L’Entrecôte D’Olivier, os atendentes demoravam horrores para passar oferecendo mais batata frita e molho, enquanto os do L’Entrecôte de Paris passaram diversas vezes e serviam porções generosas.

Resumindo: aposte no L’Entrecôte de Paris sem dúvida! Para mim, ele ganha em todos os quesitos e tem preço muito similar (os dois giram em torno de R$70 o prato com a salada). #VaiPorMim e você vai adorar, tenho certeza!

Obs: para não ser tão maldosa com o L’Entrecôte D’Olivier, devo dizer que o mousse de chocolate deles é divino! A apresentação já é incrível, porque chega na sua mesa em uma taça gigante, da qual é retirada a sua porção (generosa).

O preferidoL’Entrecôte de Paris

Onde: Unidades do L’Entrecôte de Paris aqui (não é só em SP!). E unidades do L’Entrecôte D’Olivier aqui.

Média de preço: L’Entrecôte de Paris: R$54,80 no almoço em dias de semana e R$67 nos demais horários (entrecôte com fritas + salada) e L’Entrecôte D’Olivier: R$78 (entrecôte com fritas + salada).

E você, já foi em um deles? Tem a mesma opinião que eu? Me conta!🙂

Rede dentro de casa: como usar?

Quando eu era pequena e me perguntavam como eu imaginava minha casa quando eu crescesse, eu sempre falava: sei lá, mas tem que ter uma rede! Sempre achei o máximo ter uma rede assim, no meio da sala, do quarto… Você também gosta? Acha brega? Me conta!

Se você acha brega, larga mão desse post. Mas se você acha legal, pode rolar a barra lateral que você vai achar muitas inspirações para deixar sua casa mais charmosa, aconchegante e com uma rede preguiç… tá, parei.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

318df2a220d6a7ef7f47080c1aa32299

Achei aqui.

f22e4673fbbe5c1a231a726df6d05d0d

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Achei aqui.

Tem uma rede toda linda na sua casa e quer me mostrar? Oba, vou gostar tanto! Posta lá no Insta e marca o @VaiPorMim e usa a hashtag #ViNoVaiPorMim❤

Osteria Generale: cantina italiana na Bela Vista

Foto do site oficial.

Foto do site oficial.

Quem conhece São Paulo sabe que a região da Bela Vista é cheia de restaurantes italianos. Morei a vida toda perto do Bexiga e posso dizer que já fui em vários deles, mas há pouco tempo conheci a Osteria Generale e ela virou minha cantina preferida!

O ambiente é bem italiano: toalhas xadrez verde e vermelho, bandeiras de vários países penduradas no teto, gente conversando e andando pra lá e pra cá e aquele clima delicioso de almoço em família de domingo. O restaurante é bem grande, até parece uma casa com varanda, salão principal e pequenos cômodos com mesas mais reservadas.

torrada copy

O que eu comi lá: pedi as torradas de alho de entrada e são muito gostosas! Salgadinhas e crocantes na medida certa. O pessoal da mesa devorou! De prato principal, dá para se perder nas páginas intermináveis com opções de massas, carnes, peixes, saladas e porções. Tem para todo gosto! Eu pedi um Agnolotti (massa verde recheada com ricota, nozes e castanha do Pará ao molho branco e passas gratinado com parmesão – R$81). Muito, muito bom! Achei que teria um gosto “sonso” por ser de ricota (vamo combiná que ricota não é uma explosão de sabores) mas a combinação é deliciosa! Ah! E os pratos são grandes, dão para 2 ou 3 pessoas tranquilamente.

Onde fica: a Osteria Generale tem dois endereços. Eu fui na da Rua Dr. Fausto Ferraz, 163 – Bela Vista. Mas tem também na Rua Pamplona, 957 – Jardim Paulista.

Facilidades que a gente gosta: estacionamento com manobrista gratuito, WiFi e delivery (dá para pedir pelo iFood!).

O site é ótimo, dá uma fuçada clicando aqui. Tem até o cardápio completo com preços.

Gostou? Se você for e curtir, posta uma foto lá no Instagram com a hashtag #ViNoVaiPorMim e marca a gente @VaiPorMim! :) 

E esse tal de Clarisonic, funciona?

IMG_4811

Imagine a cena: a pessoa tem só mais 2 dias de viagem nos Estados Unidos e resolve ver um vídeo de “melhores compras nos EUA”. O que acontece? A pessoa fica louca querendo comprar várias coisas que viu no vídeo e inferniza a vida das outras pessoas ao seu redor para encontrar tudo em pouco tempo! Muito prazer, essa fui eu na minha última viagem (foi mal mãe, foi mal pai, foi mal galera).

Uma das coisas que eu quis comprar foi o Clarisonic. Já ouviu falar? É uma escovinha elétrica que promete limpar sua pele absurdamente, incrivelmente e profundamente (6x mais do que quando você limpa só com as mãos!). Daí que como eu estava querendo cuidar melhor da minha pele, resolvi investir (investimento mesmo, porque o mais barato custa U$99 – aqui custa cerca de R$500).

Não pense que é fácil achar por lá, viu? Eu estava em Orlando e rodei Targets e Saks atrás disso e nada. Fui achar numa loja chamada Ulta (maravilhosa, por sinal). Depois do pequeno piripaque de alegria por ter encontrado, fui lá e comprei.

Mas vamos ao que interessa: Clarisonic na verdade é a marca dessas escovinhas. Existem vários tipos, a minha é a Mia 1 (mais básica de todas) – dá para ver todos os tipos aqui – que vem com uma brush head (a cabecinha da escova) basicona, só para limpar mesmo. Eles vendem separadamente alguns tipos específicos de brush heads, como para acne, peles sensíveis, poros profundos etc. Para usar é bem simples: só molhar o rosto, passar um sabonete líquido e usar o Clarisonic. Não dói nada, é até gostosinho.

O que eu achei: MARAVILHOSO! Sério, eu indico para todo mundo que me pergunta sobre ele. Além de ser uma belezinha e super prático (dá até para usar no chuveiro), ele realmente limpa profundamente a pele. Depois de usar, dá pra sentir nitidamente a diferença. A pele fica mais clara, macia e a sensação de limpeza é indescritível. O ideal é usar 2x ao dia, de manhã e a noite e o uso constante previne cravos. Vale cada centavinho de dólar, #VaiPorMim!

Aliás, o sabonete facial da própria marca é incrível. Ganhei de brinde uma amostra do Refreshing Gel Cleanser e tô economizando pra não acabar logo, sou dessas.

Resumindo? Funciona sim e vale a pena sim. Eu sou fã e já estou estudando a possibilidade de trazer um carregamento de brush heads e sabonetes na próxima viagem. Sem contar que se você joga clarisonic brush head na Amazon você chora de emoção.

O Vai Por Mim agora tem um blog! \o/

5505613416_bc3066c3a8_b

O Vai Por Mim já é o perfil no Instagram queridinho de quem adora uma dica sincera sobre restaurantes para conhecer, lugares para ir no fim de semana, o que fazer durante uma viagem, quais produtos de beleza são incríveis e muito mais. Coisa de quem adora aproveitar cada detalhe da vida da melhor forma, sabe assim? Se ainda não conhece, dá uma fuçada no nosso Instagram clicando aqui!

Agora com o Blog Vai Por Mim as dicas vão ficar ainda mais completas. É um espaço a mais para você descobrir e compartilhar coisas novas. Tudo o que é postado aqui é testado e aprovado antes de ser indicado. Ou seja, pode confiar no Vai Por Mim como você confia no seu melhor amigo!

Seja bem-vindo!🙂

Um beijo,

Bruna Costa

CRÉDITOS DA FOTO: ETHAN KAN